quarta-feira, 9 de Novembro de 2011

post honorário de rui miguel brás

PÉNIS JURÍDICO - caía sobre ele o ânus da prova.

terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011

domingo, 12 de Dezembro de 2010

don azia vai ali e já volta.
don azia não está pra isto.

agora é a minha vez, don

por aqui estamos na maior loucura com a ração humana. está por todo o lado. até já fazem pão de ração humana. e eu que só queria um molho de coentros e não há em lado nenhum, foda-se, em florianópolis é mais fácil comprar um tijolinho de marijuana que um molho de coentros.
don azia foi marcado no álbum Cretinos do Meu Bairro.

don azia de homem a dias

espanador numa mão, taça de tinto na outra.
don azia no salão de beleza, na jigajoga toma-lá-dá-cá entre a cabeleireira a quem o marido ofereceu uma panela de pressão no último natal "e eu nem cozinho" e a manicure quase adolescente "'tou com o flávio mas eu gosto mesmo é do gerson... pior é que mulher é assim, gosta mesmo é de cara safado, de filho da p...", ao que a cabeleireira acena um sem-dúvida e don azia diz "não me tenho queixado".
don azia e os piropos: "incubava-te toda".
don azia: o coração em vinha d'alhos

as apreciações gastronómicas de don azia

a panacota é do caralho.

don azia em flagrante delitro

poemotasco:

eu fico doido com esse cu,
meu amor, eu I love you.

don azia e os grandes dilemas

ah, querias poesia?
ou pudim d'ovos?

don azia e as mensagens universais

opá, vai-te foder.

as iluminações de don azia

arre. hoje o ar cheira-me a cocaína.

don azia e a gastronomia

e é tão curta a diferença: entre um prato requintado, e um prato requentado.

don azia e o início da época balnear

coliformes não é a minha praia.

don azia e as quedas

se tivesse que optar, não saberia; hesitaria entre o: cair de queixo, cair de cu.
don azia: vai buscá-las.

don azia acha que está velho

sou do tempo em que as cartas tinham resposta. vieram os emails, e os emails tinham resposta. hoje nem cartas nem emails têm resposta.
don azia - o homem que, depois de litros, em vez de ir ao gregório vai à greguería.
don azia no sabe si le crecieron alas o palas.
don azia: de copas, o de capas. de pura cepa, pero sin espada.

note to self: deja de marear la perdiz.
don azia vai não vai.
don azia anda inquieto com o mistério do algodão no umbigo.

don azia e o vinho que comprou na promoção

a coisa boa do vinho mau é que rende muito.
don azia deu por si a repetir vogais e assustou-se. muuuito.

don azia e os duplos

cruzo-me amiúde com pessoas que tenho a certeza de conhecer de portugal.
don azia se siente una chica almodóvar.

don azia e a gestão do tempo

o tempo que eu gasto a ler livros de time management, punha-me a trabalhar.
don azia gosta muito da expressão linha-de-passe.
don azia - o homem que ria em várias línguas, mas para quem a felicidade era chinês.

terça-feira, 16 de Novembro de 2010

don azia vai pedir ajuda ao chile para sair deste buraco.

tantos planos, tantos projetos, e o que sobra é poeira. mas como viver doutra maneira?

já se foi meio levítico

a enrolar cigarros em folhas da bíblia. ficar sem mortalhas é foda.

enquanto o pau vai e vem folgo as costas, disse ela. colchões muito duros dá nisto.

don azia tiene ganas de ahogarse en una piscina de singani.

don azia gostaria de dizer alguma coisa engraçada, mas não lhe ocorre nada.

terça-feira, 2 de Novembro de 2010


don azia tem algumas dúvidas sobre o conceito de vinho de mesa. para ele, o vinho é sempre de taça, muito ocasionalmente de copo.
don azia gosta muito de aperitivos mesmo quando não tem fome, e de digestivos ainda que não tenha comido.
don azia pratica bullying sobre si próprio. e acha que merece.
"é preciso um mínimo de bens materiais para exercer as virtudes do espírito". ó santo agostinho, como tendes razão, e eu sem um tostão.
"hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás." todavía se olvidaron que che estaba hablando de sexo.
don azia está entre tu espalda y la pared.
don azia: a única coisa que me intriga numa relação amorosa entre duas mulheres é saber quem aquece os pés de quem.
se eu ainda tivesse espaço para a poesia/ diria que te amo/ que exagero/ não devia ter comido o bife inteiro.

ar dos tempos/ hard times

don azia precisa de patrocínio.

métodos e terapias

don azia gosta de a curar a depressão do regresso com cigarros e aguardente.

sexta-feira, 8 de Outubro de 2010

bolívia - espera aí que já te cheiro

don azia voltou a ter computador, mas está de malas aviadas. parte amanhã para santa cruz de la sierra, bolívia, e por aí fica até 23. por causa das sinusites.
don azia lamenta não fazer parte dos eleitos.
don azia acha que a questão é saber se os trinta dinheiros pagaram o serviço.
don azia viajou na maionese e virou ketchup.
don azia é bicho para se apaixonar duas a três vezes ao dia.

multitask

don azia pode ser o filho da puta que quiseres. para além de múltiplo, Don Azia é um democrata.

don azia gosta de trocas e baldrocas.

às vezes mais valia estar calado

don azia acha que o gajo da mesa ao lado é um badameco, mas não gosta de injustiças: só porque deu uma na namorada dele a noite passada, não é motivo para que vocês o insultem.

don azia já sabia mas não quis dizer.

don azia revela

eu também sou muito místico. agora a sério: queres foder para sul ou para norte?

don azia divagueia

continua a falar-se do brasil como "o país do futuro". e eu, cada vez mais, a pensar em portugal como "o país do passado".

don azia confessa:

também ele ouve vozes. mas sempre foi algo anárquico nisso de obedecer a ordens.

don azia pergunta

como é possível errar tanto, tão consecutivamente? falo de mim, claro, não de portugal.

também bíblico

don azia é olho por olho, lente por lente.

don azia e as estratégias de lobbying

dentre as várias estratégias de lobbying de don azia, a sua preferida continua a ser o enxerto de porrada.

don azia, com esta idade, deixou de ser uma esperança - e assume-se como uma potente desilusão.

don azia é do arco da velha.

don azia micro-conta: até que a morte os separou.

sexta-feira, 17 de Setembro de 2010

don azia está como alguém que ficou cego a reaprender aquilo que fazia de olhos fechados.

don azia pensou sim em fazer dieta, mas como iria depois continuar a empurrar os problemas com a barriga?

don azia ficou mais só

- por que me deixaste de falar? éramos os melhores amigos, eu contava-te tudo sobre mim, não te escondia nada. - foi por isso. percebi que eras um filho-da-puta.

o gato de don azia

olhe, é a crítica da ração pura, sff, o meu gato só gosta de kant.

don azia divaga

está a pensar na metafísica do canguru perneta.

don azia e os tempos modernos

queixas facebookianas: o quê?!, só isto no "mais recentes"?

don azia entusiasma-se

piropos em tempos de facebook - o realista: pena que não dá para curtir-te. o megalómano: curtia-te toda.

don azia conta

ela disse: tu e eu somos work-in-progress. ele disse: mas é que eu agora estou de férias.

don azia irrita-se

muito me falham os plugins.

don azia, a promessa

don azia vai deixar de ser poeta. isto é, vai deixar de ser parvo. mas só começa a contar a partir de amanhã.

quarta-feira, 8 de Setembro de 2010

das confissões

don azia ganhou os três.

dos projetos

don azia vai deixar de ser poeta. isto é, vai deixar de ser parvo. mas só começa a contar a partir de amanhã.

a psicanálise possível

muito me falham os plugins.

das barreiras

don azia foi sinalizado como spam. e concorda.

don azia e os episódios da vida romântica

ela disse: tu e eu somos work-in-progress. ele disse: mas é que eu agora estou de férias.

quinta-feira, 2 de Setembro de 2010

don azia comenta a morte de Geberit

era tão somítico que a gravata que levou no seu funeral era a mesma com que se enforcara.

da parasitologia

don azia acha-se um parasita que tem tido ótimos hospedeiros.

das dores de crescer

Don Azia sabe que tem de se fazer um homem, mas acha isso uma tremenda chatice.

as vizinhas comentam

se já de pequeno ele era complicado, imagine-se agora com esta idade, diz de don azia a vizinha que mora na sua cabeça.

don azia não sabe se

cada um tem a idade que parece ter, disse-lhe ela, como se há pouco não lhe tivesse acrescentado à idade meia-dúzia de anos.

quinta-feira, 26 de Agosto de 2010

don azia cita sophia de mello breyner

porque os outros têm medo mas tu não. tu cagas-te todo.

onde se discute de don azia a bravura

don azia, se fosse um homem de coragem, já se tinha empalado. mas tem medo que lhe chamem nomes feios.

don azia, o menino de sua mãe

eu faço-me de parva mas não sou, ela repetia muito, a minha mãe. eu continuo a achar que é. isto a propósito de que, nem sempre, uma mentira muitas vezes repetida nos convence.

don azia e a física da traição

quando ela descobriu que era bicéfala, já não lhe pesou tanto o par de cornos.

segunda-feira, 23 de Agosto de 2010

don azia conforma-se

com um metro e setenta e três nunca passará de um pequeno-burguês.
don azia sente-se indiscriminado.

don azia enquanto empresário

o meu problema é a escala: amiúde lá surge um empresário contando como conseguiu o seu primeiro milhão. don azia espera até ao final do ano poder dizer que ganhou a sua primeira centena de euros.

don azia e os hábitos de consumo

entre o inseto e o inseticida, don azia não sabe o que há-de escolher. por ele inalava dos dois.

don azia e a descendência lusa em terras de vera cruz

ainda se encontra muita gente - é certo que a maioria já entrada na idade terceira - que é filha de portugueses. daqui a umas gerações já praticamente nada disso existirá, seus antepassados serão apenas um pouco mais presentemente portugueses que os meus são latinos, visigodos ou mouros. o que é que se perde? pelo menos um bom tópico de conversa para acompanhar uma garrafa de tinto.

don azia e o rio de janeiro

rio de janeiro: o problema da bala perdida é quando é bala encontrada.

da fonia

don azia é um caco-fónico.

don azia, a biografia, vol. I

beber para contá-la.

don azia, a biografia, vol. II

confesso que bebi.

Don Azia

Don Azia agora ando todos os dias no facebook.

há 9 minutos · ·
    • Don Azia isto não é vida.
      há 9 minutos · ·
    • Don Azia e vir dizer isto no facebook é ainda mais assustador.
      há 8 minutos · ·
    • Don Azia deixei eu as drogas para isto.
      há 8 minutos · ·
    • Don Azia não deixei nada, era só para fazer a graça. a gracinha.
      há 8 minutos · ·
    • Don Azia o português é assim, gosta muito da gracinha.
      há 8 minutos · ·
    • Don Azia a gracinha é a minha vizinha do 3º esq.
      há 7 minutos · ·
    • Don Azia isto também era para fazer a gracinha.
      há 7 minutos · ·
    • Don Azia ando a fazer a gracinha.
      há 7 minutos · ·
    • Don Azia como dizia o outro.
      há 7 minutos · ·
    • Don Azia o outro sempre diz alguma coisa.
      há 6 minutos · ·
    • Don Azia é como se quer.
      há 6 minutos · ·
    • Don Azia e pronto: consegui cumprir a meta: chegar aos 11 comentários.
      há 5 minutos · ·
    • Don Azia está inaugurada a instalação.
      há 5 minutos · ·
    • Don Azia podem aplaudir.
      há 5 minutos · ·
    • Don Azia aqui neste caso é curtir.
      há 5 minutos · ·
    • Don Azia estou com uma bazófia...
      há 4 minutos · ·
    • Don Azia não estou nada, eu avisei que era só para fazer a gracinha.
      há 4 minutos · ·
    • Don Azia aquilo das drogas, pá.
      há 4 minutos · ·
    • Don Azia não sei se mais logo vou achar graça a isto.
      há 4 minutos · ·
    • Don Azia agora sim, cheguei à minha meta: 19 comentários.
      há 3 minutos · ·
    • Don Azia eu tinha dito 11 porque estava com medo de não conseguir.
      há 3 minutos · ·
    • Don Azia mas com jeitinho até foi.
      há 2 minutos · ·
    • Don Azia o narciso afogado.
      há 2 minutos · ·
    • Don Azia sit down tweet comedy.
      há 2 minutos · ·
    • Don Azia só lhe faltou a gracinha.
      há ± um minuto · ·
    • Don Azia parece que foi viajar.
      há ± um minuto · ·
    • Don Azia a puta.
      há ± um minuto · ·